segunda-feira, 16 de maio de 2011

Plástico-bolha... funcional e viciante


Clique na imagem para estourar o plástico-bolha online
Por Diego Calvo

Caro leitor, o plástico-bolha, como hoje é conhecido, foi criado para ser papel de parede (acredita?). Os engenheiros Alfred Fielding e Marc Chavannes, criaram ele em 1957 e logo passaram a usá-lo para outra função, embrulhar objetos (claro!).

Em 1960, fundaram a Sealed Air Corporation, nos EUA que detém a patente do produto.

Não demorou muito e desocupados como nós, passaram a estourar as pequenas bolhas de ar.

Como a tecnologia digital não para de produzir inutilidades ocupacionais para quem tem muito trabalho e pouco animo para realizá-los, clique aqui (ou na imagem acima) e estoure online essas viciantes bolhinhas.

Ps.: Tive a idéias deste post graças a um twitte de André Franco Reis... dado o crédito.

Um comentário:

  1. Sem dúvidas que é viciante, ontem mesmo tive que dividir um plástico inteiro com a minha mãe. Perdi algumas bolhas mas deixei ela feliz. Na maioria das vezes o produto que está envolto perde por um instante o lugar para o prazer de estourar as bolhas de ar. Falo com propriedade pois a cafeteira que dei para minha mãe ficou em segundo plano, quando ela viu o plástico...rsrsrs

    ResponderExcluir