segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Dilma e seu "corte de cabelo"


Dilma cumprimenta primeiro ministro da Bélgica - Roberto Stuckert Filho/Presidência da Republica 


Dilma e seu "corte de cabelo"
Com a desculpa de assinar documentos, presidente usou um helicóptero de R$ 4 mil a hora para ir ao cabeleireiro na Paulista. 

Por Diego Calvo

Um dia antes de viajar para a Europa, este ano, a presidente Dilma teria saído de Brasília e vindo a São Paulo para assinar alguns documentos importantes, mas, segundo fontes confiáveis da Base Aérea, não foi bem isso que aconteceu.

Dilma pousou com o avião e pegou um helicóptero, que custa R$ 4.000,00 a hora, para ir até a Av. Paulista arrumar o cabelo. Depois de algumas horas, a presidente, ao retornar, teria pedido para o piloto dar meia volta na aeronave, pois havia esquecido um xampu no salão. 

Com toda essa onda de economia para agüentar a crise que está novamente assombrando o mundo, que tal começar cortando certas regalias presidenciais desnecessárias?

Nenhum comentário:

Postar um comentário