terça-feira, 13 de dezembro de 2011

PM... uma outra face



PM... uma outra face

Uma soldado, em meio a mais um crime bárbaro, consola o padrasto da vítima.  Seu nome, Marina.

Por.: Diego Calvo
Fotos : Diego Calvo

Diante do mundo caótico de nossa contemporaneidade, o bandido costuma virar o herói e o herói acaba vivendo demais, até virar bandido. Dentre alguns os que estigmatizam a insígnia de bandido, principalmente na mente de jovens rebeldes, estão os policiais.

Tá certo que alguns destes homens fardados abusam do poder (por ter a licença de andar com uma arma na cinta), mas a grande maioria dos que lido todos os dias, se mostram controlados e amigos da população.
Diante disso, em especial nestas linhas, está a cena que flagrei da Soldado PM Marina.

Vou explicar o que aconteceu. Dentro da comunidade São Rafael, em Guarulhos / SP, após um bate boca entre duas mulheres ( que proferiram acusações de baixo escalão pondo em duvida suas vidas sexuais, se é que me entende), uma delas buscou um revolver e deu vários tiros na face da rival.

O padrasto da vítima, completamente abalado, prostou ao chão e começou a chorar. A prestativa Soldado, chamou o senhor e, para a minha surpresa, lhe deu um abraço procurando acalentar sua dor.

Em meu Blog, já comentei sobre abusos da polícia. Em minha profissão, quase fui preso algumas vezes, em busca da melhor foto. E já que coloco tudo que acho interessante e que mereça sua atenção, venho elogiar o ato desta Soldado, acima de tudo, mulher, Marina.

Em meio ao caos de uma favela, com um corpo cravado de balas sendo levado pelo “rabecão”, ela conseguiu ser solidária com aquele homem simples, abatido pelos desprazeres da vida. O que ela ganhou? Com absoluta certeza um dia muito melhor!

Minha cara, digo em nome do BC, obrigado pelo exemplo de cidadania, e mais, de humanidade. 






15 comentários:

  1. Caraca Diego, Show de bola, parabéns pela Soldada e pelo seu artigo escrito mostrando sempre as duas realidades, e que atos assim como o da PM, ainda faz nos crer no ser humano e um pouco na policia

    ResponderExcluir
  2. Oi Calvo!

    Muito prazer em conhecer!
    A Dayne Dantas, sua colega de profissão, me avisou dessa postagem maravilhosa.

    Então, com a sua licença, já postei a foto lá no meu blog aproveitando que é o aniversário do mesmo!

    Puxa... como é que eu faço pra contactar essa mulher??? Levanta o telefone do posto ou companhia de polícia onde ela trabalha pra mim. Se possível, claro.

    Eu queria muito fazer uma entrevista com ela.

    : )

    Obrigada pela foto!
    Parabéns pela postagem, pelo blog e por sua sensibilidade no trabalho.

    Um forte abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. Diego Calvo grande homem e excelente profissional...obrigado pelo carinho e respeito a minha pessoa...ficou linda a reportagem...Deus te abençõe....Marina

    ResponderExcluir
  4. Diego Calvo grande homem e profissional...agradeço o carinho e respeito a minha pessoa,que Deus continue lhe abençoado, ficou linda a reportagem...bjs Marina

    ResponderExcluir
  5. Ficou ótima a sua reportagem e as imagens falam por si só. é de quebarar as pernas e encher os olhos de lágrimas. Parabens a você e a policial militar.

    ResponderExcluir
  6. Sou policial militar em Santa Catarina. Somente hoje o fato circulou por aqui.

    Mesmo assim, não pude deixar de buscar a notícia e verificar que, apesar da triste situação que gerou a matéria, estão de parabéns a Soldado Martina e o ilustre Calvo.

    Uma matéria franca, sem sensacionalismo , que mostra um pouco do que enfrentamos na luta diária pelas ruas...

    Forte abraço aos dois.


    Luiz Adriano
    Araranguá/SC

    ResponderExcluir
  7. Sou policial militar em Santa Catarina. Somente hoje o fato circulou por aqui.

    Mesmo assim, não pude deixar de buscar a notícia e verificar que, apesar da triste situação que gerou a matéria, estão de parabéns a Soldado Martina e o ilustre Calvo.

    Uma matéria franca, sem sensacionalismo , que mostra um pouco do que enfrentamos na luta diária pelas ruas...

    Forte abraço aos dois.


    Luiz Adriano
    Araranguá/SC

    ResponderExcluir
  8. Anônimo9:17 AM

    parabens calvo por se sensibilizar e mostrar q tbm nós policiais somos seres humanos repletos de sentimentos, essa foto mostra o que vivemos todos os dias de labuta, sao cenas e cenas de crimes, vitimas de assassinatos, estupros, enfim. E temos q conviver com isso todos os dias como se fossemos um robô e sendo cobrados pela nossa sociedade e desprezados por nossos governantes.

    ResponderExcluir
  9. Excelente! A atitude da Soldado, As fotos e a matéria! Muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  10. Oie Diego,
    Parabéns pela reportagem e foto, e parabéns também a Soldado Marina,porque em um mundo onde tudo gira em volta do próprio umbigo é difícil encontrarmos um ombro amigo.
    Parabéns!!!!

    Um abraço

    ResponderExcluir
  11. Cabo Mendes Bombeiro3:11 AM

    Sou do CBMPE e voçê esta de parabens pelo seu trabalho. Ótimas Fotos.
    Os repórteres no geral costumam só mostrar o lado ruim da PM, PC e BM.

    ResponderExcluir
  12. Em uma baita tragédia encontramos este belo exemplo para ser seguido.

    Parabéns para a Polícia Militar e pela Matéria.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo8:55 AM

    Parabens a todos os homens e mulheres que integram a gloriosa corporação - Policia Militar, bem representado naquele momento pelo sd PM Marina......

    ResponderExcluir
  14. parabens pela reporatgem e pela ação do sd PM Marina, representou muito bem toda a classe.

    ResponderExcluir
  15. Parabens ao Sd PM Marina...........

    ResponderExcluir