segunda-feira, 7 de maio de 2012

Mais de mil fumam maconha em protesto português



Marcha Global da Marijuana reuniu mais de 1500 portugueses em defesa da liberação da plantação de cannabis para sanar dividas do estado

Por Diego Calvo
Foto Reprodução TV portuguesa
-->

E Portugal fez sua terceira marcha da maconha, lá conhecida como Marcha Global da Marijuana (MGM). O ato aconteceu no sábado (05/05) em Lisboa e reuniu, segundo os organizadores, mais de 1500 pessoas.

--> Lá, além de exigir o direito de ficar “brisado”, os manifestantes exibem a plantação de cannabis como uma solução para as dividas que certas regiões da Europa vem adquirindo com a crise que assola o velho mundo.

Os jovens, em sua maioria, eram de entidades de esquerda e o feito foi organizado por redes sociais.  

Ao contrario do que ocorreu por aqui, a marcha contou com, além de carro de som e faixas, as vistas grossas dos policiais que fingiram não ver os milhares de cigarrinhos do capeta acesos. Na minha opinião, os jovens queriam, além de tudo, entrar para o livro dos recordes com a maior queima de “mato brisante” por metro quadrado na história do mundo.

E você, meu caro leitor, é contra ou a favor da legalização da maconha? Opine!

Nenhum comentário:

Postar um comentário