quarta-feira, 2 de maio de 2012

Samsung pretende lançar chip para o cérebro



Aparelho deverá ser usado em casos de emergências médicas e se comunicará com sistema externo.

Por Diego Calvo
Ilustração Samsung

-->
Dentre as coisas inusitadas que vêm aparecendo no campo da tecnologia a Samsung, empresa coreana que criou o tablet Galaxy,se superou. Ela patenteou um dispositivo que, ao ser implantado no cérebro, seria capaz de identificar problemas fisiológicos e psicológicos em seu hospedeiro.

Chamado de IMD (sigla inglesa para Dispositivo Médico Implantável) o dispositivo agiria em três frentes: 3 um chips interagem entre si: um implantado no cérebro, um no peito geram as informações sobre o usuário e a transmitem para um terceiro aparelho. Este terceiro aparelho pode por exemplo ser um celular ou qualquer aparelho que possa receber dados.

--> Inicialmente o IMD servirá para resolver problemas de emergência. Se você por ventura passar mal na rua e tiver um desses milagrosos apetrechos implantado em seu corpo poderá ser socorrido por equipes médicas, que andariam com um aparelho receptor, agilizando assim o atendimento e o pré-diagnóstico.


Legal né? Mas como pensar adiante é o lema do BC, podemos imaginar, em um futuro próximo, seu Smartphone (de preferência um Galaxy),  irá te avisar quando você está bebendo demais e até mesmo quantos copos de cerveja faltam para transformar aquela amiga feia da sua irmã em uma mulher bonita.

Como o computador de bordo dos carros de ultima geração seu tablet poderá te informar quantos quilômetros seu corpo é capaz de andar, quanto de água tomar e quanto de churrasco seu estômago aguenta antes de estourar.    

E quem sabe até agilizar sua vida te mantendo interligado as redes sociais. Seu estado de humor sendo informado em tempo real: “O fulano (você) acabou de chorar escondido no banheiro. #dor_de_corno”.

Hackers iriam quebrar os códigos de acesso e instalar aplicativos onde você veria se a outra pessoa esboça algum sinal de interesse em te beijar, como suadouro nas mãos, ereção, ou umidificação de certas áreas restritas: “Vai fundo, ela(e) é sua(eu)”.  E, só para as mulheres, ele poderia enviar uma mensagem avisando: “Não transe, você está fértil!”

São tantas as opções de uso que fico até perdido em meus pensares. O negócio é que a revolução humana está chegando, vai um chip cerebral aí?

2 comentários:

  1. Anônimo8:57 AM

    se ta doido eshaehsaiea eh ate legal pro lado medicinal mais me recuso a me transformar em um ciborge ou androide =x

    ResponderExcluir
  2. Anônimo3:46 AM

    Se isso pega, eh o fim

    ResponderExcluir