quinta-feira, 12 de julho de 2012

Filmes de terror dos anos 70 e 80



Confira o top 5 dos filmes de terror que marcaram a infantil vida deste que vos escreve

Por Diego Calvo
Fotos Divulgação
-->

Tenho um irmão mais velho que adorava assistir filmes de terror. Ele, todo fim de semana, alugava três fitas (sim, fitas de vídeo cassete) na Gentile, única locadora na região (quando digo única, é porque tínhamos de pegar um ônibus para chegar nela). Estes filmes marcaram a infância de uma criança muito, mas muito cagona mesmo, eu!

Separei cinco dos que mais me mexeram com meu imaginário nesta época, os bem aventurados anos 80.



Sexta-Feira 13
(Friday the 13th, 1980)
  
Claro que vou abrir com este filme. Um grupo de jovens resolvem passar as férias de verão em um rancho que estava fechado por anos. De repente, como se é de esperar, começa a morrer todo mundo. Vou revelar algo sobre este primeiro filme da série, quem mata não é o Jason! Verdade, assista para ver!

Nivel de pavor: alguns sustinhos durante o filme


A Volta dos Mortos-Vivos
(Return of the Living Dead, The, 1985)

A volta dos mortos-vivos é bizarro. Dois empregados de um armazém encontram um tanque fechado, do exército, no porão de onde trabalham. Acidentalmente, liberam o gáz dentro do tanque e este gás maldito, reanima os mortos de um cemitério ao lado. O problema é que esses vilões só querem uma coisa de nós, os miolos. Ainda que moribundos e andando tortos, fiquei com muito medo.

Nivel de pavor:  uma noite dormindo com a minha mãe.



O Exorcista
(Exorcist, The, 1973)

Com este filme, a coisa começa a ficar séria. Não me lembro muito bem da história, por isso recorri ao site CinePlayers para me lembrar e contar, mais ou menos, para você. A jovem filha de uma atriz é possuída pelo ‘sete peles’ e um padre tenta tirar o cabrunco do corpo da garota. Aí que o bicho começa a pegar. Ela flutua, xinga a mãe do pároco, vomita na cara dele e até vira a cabeça em 360º (cena muito usada em filmes de sátira sem criatividade).

Nível de pavor: não terminei de assistir, fiquei 5 dias dormindo com a luz do meu quarto acesa e mais duas semanas sem fica sozinho no escuro.

Amityville - A Cidade do Horror
(Amityville Horror, The, 1979)

Eu me lembro deste filme como “A casa dos Amityville”, mas, só achei com este outro nome, então vai este mesmo. Bom, a história é de uma família que se muda para uma casa do mal. O filho começa a ouvir coisas e mata todo mundo. Isso não é nada, o pior de tudo é que, segundo o trouxa do meu irmão, o filme foi baseado em fatos reais (ele podia ter ficado quieto).

Nível de terror: 7 dias dormindo com luz do quarto acesa, mais 2 meses sem ficar sozinho no escuro e minha mãe deu uma surra no meu irmão (porque me contou que tudo aquilo tinha acontecido de verdade, se ferrou otário!).

A Profecia
(Omen, The, 1976)

Graças a Deus, não assisti este filme, mas meu irmão sim e me encheu o saco. Então, vou por a sinopse do site Cine Players. “Um embaixador norte-americano troca o bebê natimorto de sua esposa, por outra criança, sem ela saber. Batizado como Damien, o garoto cresce e o pai descobre que ele é a reencarnação do Anti-Cristo”.

Nível de terror: vou evitar adotar uma criança.


2 comentários:

  1. Venho aqui convidá-lo a divulgar os posts do seu blog em um novo agregador de notícias...
    www.noticias.googli.blog.br

    ResponderExcluir
  2. amityville foi mesmo baseado em fatos reais!! Mas seu irmão foi malvado!!

    ResponderExcluir