quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Diário de Classe: A verdade incomoda parte II



Casa da adolescente Isadora, criadora da página do Facebook, “Diário de Classe”, foi apedrejada, avó da garota foi atingida; ataque ocorreu na ultima segunda feira (5)


Por Diego Calvo
Foto Reprodução Facebook

A casa da estudante Isadora Faber, 13 anos, foi apedrejada na noite desta segunda feira (5). Segundo ela, uma das pedras atingiu sua avó de 65 anos que sofre de problemas degenerativos. O ocorrido foi divulgado pela própria Isadora, em sua pagina no Facebook “Diário de Classe”.


Chamando o ato de xenofobia, a adolescente atribui o atentado ao fato de seus pais serem gaúchos. Junto do “post”, Isadora colocou uma foto de sua avó machucada. Leia a publicação na integra:

Ontem a noite, teve uma chuva de pedras em casa, uma delas atingiu minha vó de 65 anos que sofre de uma doença degenerativa. Meus pais tomaram as providências e hoje levaram minha vó para fazer exames e para a polícia. Lá eles fizeram os exames de perícia, agora ela esta em tratamento. Incrível como tem gente ignorante, gente que não tem mínimo de decência. Alguns coitados pensam que são donos de tudo e da verdade, pensam que podem nos intimidar, mas não vão conseguir. Meus pais são gaúchos mas moram aqui a (sic) 17 anos, temos casa própria e eu nasci aqui, sou mané da Carmela Dutra, não iremos sair de nossa casa. Xenofobia é crime e já esta sendo investigado. Olhem como ficou o rosto da minha vó... a coitada nem sai de casa e foi a que sofreu as consequências dessa barbaridade, mas temos nossas desconfianças de quem é capaz dessa barbaridade.

Isadora ficou famosa ao criar uma página no Facebook onde expõe os problemas estruturais e educacionais da escola onde estuda, na região norte de Florianópolis. O “Diário de Classe” já tem mais de 360 mil curtis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário