quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Golfinhos: Bonitinhos e pervertidos bi-sexuais



Sendo o segundo animal mais inteligente da terra (o primeiro somos nós), os golfinhos transam por prazer e fazem surubas sem precedentes (post com vídeo de golfinho de piça armada tarando mergulhadora).



Por Diego Calvo
Foto Divulgação

Qual a primeira coisa que você pensa quando vê a imagem de um golfinho, amistoso, dando piruetas acrobáticas e soltando aquele som relaxante? – “Que bonitinho!”

Pois é, mas estes mamíferos estão mais para tarados sexuais que para anjinhos. Acredita-se que eles são a única espécie, além dos primatas, que fazem sexo por prazer.

Uma fêmea pode ter até 10 parceiros por dia e, como se não bastasse, é macho tarando macho e fêmea roçando em fêmea. Rola até pedofilia. Com o perdão da palavra, é uma putaria generalizada e franciscana!

Os Golfinhos nariz de garrafa, uma das espécies mais conhecidas do mundo, tem esse nome por ter o focinho em forma de garrafa, ou de um vibrador gigante. Ele usa este instrumento para bolinar as fêmeas. Sim, sexo oral meu caro.    

São tão tarados que existem relatos de estupro coletivo. Na fissura de afogar o ganso, eles não perdoam machos, fêmeas, jovens ou velhos. Se pintar um humano na frente, roda também (como no vídeo abaixo).

Além do mais, cientistas acreditam que o golfinho é a espécie mais inteligente depois do homem. Tá vendo, é só a natureza dar um cérebro potente para uma espécie que ela já pensa em sexo.  

Se algum dia entrar no mar e um golfinho aparecer, corra! Ele pode estar querendo sentar a “piça” biônica em você.

E lembre-se: Se caso reencarnar na outra vida como um golfinho, ande com a bunda encostada na parede!


Nenhum comentário:

Postar um comentário