quarta-feira, 3 de abril de 2013

Estrela Polar, primeiro herói gay, se casou!


A edição já saiu ano passado nos EUA e sairá esta semana no Brasil.



Por Diego Calvo
Imagem de Divulgação

Será lançado, no Brasil, a revista “X-Men Extra”, que mostrará o casamento gay entre o herói Estrela Polar e seu namorado Kyle Jinadu. Este é o primeiro enlace matrimonial homossexual da história dos quadrinho.

A revista saiu ano passado nos EUA e chega a terra brazilis em 14 de abril.

Jean-Paul Beaubier é o nome humano do Estrela. Ele surgiu em 78, mas a Marvel o declarou gay em 92, sendo assim, Polar é o pioneiro no quesito “abrir as portas do armário e sair feito uma louca”.



Polar é o pioneiro no quesito “abrir as portas do armário e sair feito uma louca”.
Eles, Jean-Paul e Kyle, se casaram em Nova York, onde o casamento homo foi aprovado em meados de 2011.

Estrela Polar foi integrante da tropa Alpha, famoso grupo de mutantes canadenses da década de 80, que já teve o ilustre Wolverine como associado.
     
Os poderes do moço são: alta velocidade (que ajuda numa “rapidinha”), voar (que pode levar o parceiro às alturas) e o poder mais gay de todos, brilhar feito uma estrela! Sim, ele emite uma luz tresloucadamente “bri-lhan-te”, capaz de cegar até Paulo de Tarso a caminho de Damasco.

A roteirista da edição é bela Marjorie Liu, romancista autora do Best-seller “Olho de tigre”. Para ela “os X-men sempre estiveram à frente das maiores histórias dos quadrinhos, e dessa vez não poderia ser diferente”.

Não sou gay, meu caro leitor, mas estou feliz que os universos estão se abrindo para esta realidade. Só fiquei chocado quando o Wolverine deu um beijo no Hercules e quando o Lanterna Verde entrou para o time do arco-íris. A inclusão não precisa, necessariamente, transformar todo mundo em homo.


“O mais importante é o amor”, já diria Jesus. Mas que o amor homo está dando mais dinheiro, ah isso tá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário